ID Buzz autônoma é nova aposta da Volkswagen

ID Buzz autônoma

Compartilhe:

Auto Blog 8.5 já falou da ID Buzz, a van também chamada de nova Kombi que veio com a proposta de revolucionar a tecnologia automotiva da Volkswagen através de versões sem motor a combustão e que funcionam apenas com condução elétrica. Agora, a montadora investe na ID Buzz autônoma, usando o carro como vitrine para sua meta de iniciar, em cidades da Europa e dos Estados Unidos, a implantação de modelos que dispensam motorista para rodar.

Anunciando um teste na cidade alemã de Munique, onde foi feito um vídeo (em inglês, disponível aqui) com a ID Buzz autônoma rodando pelas ruas da cidade, a montadora fez questão de destacar, na ação de divulgação, que se trata de um modelo de testes que não está à venda. A cautela é compreensível, já que a parafernália para fazer o modelo andar sozinho não é pouca.

Segundo a Vokswagen, um dos principais desafios é lidar com a imprevisibilidade dos seres humanos, incluindo aí suas emoções. Como uma máquina vai concluir que uma criança agitada, lá no fim da rua, pode simplesmente sair correndo e atravessar o caminho? Bem, para isso, a ID Buzz se vale de um conjunto formado por dois radares nas laterais, três radares frontais, dois radares com laser frontais, dois radares com laser laterais, uma câmera frontal, duas câmeras no teto, um radar com laser no teto e duas câmeras laterais.

ID Buzz autônoma é nova aposta da Volkswagen

 

ID Buzz autônoma usa processamento de dados em nuvem

Todo esse conjunto de recursos coleta informações em tempo real e o veículo os envia para uma sistema de condução autônoma na nuvem. Além disso, há uma comunicação com um sistema de mobilidade (que calcula, por exemplo, o melhor trajeto de acordo com o trânsito) e é preciso, ainda, prever a comunicação com outros veículos autônomos que estejam em circulação no entorno.

Só relembrando, a ID Buzz faz parte da estratégia de eletrificação da Volkswagen, junto com dois modelos que foram batizados de ID3 e ID4. Diferentemente da Kombi clássica, de onde, aliás, veio a inspiração para a ID Buzz, ela vem com muita tecnologia embarcada.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais conteúdo para você

Relacionados

e-tech

Renault E-Tech traz Kwid elétrico e novos carros para 2023

A Renault realiza, entre os dias 5 e 9 de setembro, o Renault E-Tech, evento de divulgação da estratégia da montadora para investimento em veículos elétricos. Um dos principais atrativos é o lançamento oficial e início das vendas do Kwid E-Tech, versão 100% elétrica do compacto mais “barato” que a empresa comercializa no Brasil desde 2017.  Além disso, a Renault trouxe para exposição outros modelos que fazem parte da estratégia e também estarão disponíveis no Brasil: o Megane E-Tech, a van Master E-Tech e o Kangoo E-Tech . “Os três veículos chegarão no primeiro semestre de 2023”, promete a fábrica. A pré-venda do Kwid E-Tech começou em abril e, de

audi

Audi estará na Fórmula 1 a partir de 2026

Ícone mundial do automobilismo de alta performance, a montadora alemã Audi anunciou que estará na Fórmula 1 a partir de 2026. Ao que tudo indica, a decisão tem a ver com a meta de associar sua marca com a série de novidades que a competição irá implantar a partir daquele ano, quando novas regras técnicas serão aplicadas para deixa-la mais sustentável. Dentre as mudanças previstas estão o uso de combustíveis sintéticos (hidrogênio, por exemplo) e motores híbridos. “Além disso, a Fórmula 1 estabeleceu a meta ambiciosa de ser uma competição neutra em carbono até 2030”, acrescenta a Audi, justificando seu interesse em fazer parte do desenvolvimento das novas tecnologias. Vale

novo c3

Novo Citroën C3 tem preço a partir de R$ 68.990 sem pintura metálica

“Acessível, inovador, prático, inteligente e com atitude SUV”. Foi assim, sem economizar nos adjetivos e juizos de valor (como é típico das montadoras), que a Citroën anunciou a chegada do novo C3, sobre o qual já falamos. Primeiro de uma família de três modelos desenvolvidos e fabricados na América do Sul, o carro representa, segundo a fábrica, uma “nova fase” sua no Brasil depois de uma trajetória meio errática que deixou seus carros com fama de caros e complicados de manter. Um dos destaques dados pela Citroën é que o novo C3 está posicionado na faixa de preço próxima de modelos menores, mas com um porte que o aproxima um

fluido veicular

Fluido veicular: conheça os 6 tipos que seu carro tem

Fluido veicular – Para quem não sabe, é possível fazer um paralelo entre os princípios de funcionamento de um carro e do corpo humano. Na geração de energia, por exemplo, nós precisamos do oxigênio e de alimentos. Os veículos também usam oxigênio no seu processo, e o combustível entra como o segundo componente, no lugar da nossa comida. E também como acontece com os seres humanos, fluidos são essenciais para todos os meios de locomoção motorizados. Assim como nós não passamos mais que três dias sem água, um veículo simplesmente para de funcionar se não estiver com os componentes líquidos que precisa para se mover. De acordo com a divisão

Assine

Recebe novidades e ofertas de nossos parceiros na integra em seu e-mail