Empresa de motos elétricas cria sistema que dispensa recarga da bateria

motos elétricas

Compartilhe:

Se um dos maiores desafios para o setor automotivo, em relação aos veículos elétricos, sejam carros ou motos elétricas, é a recarga da bateria, geralmente mais demorada que um abastecimento de combustível, por que não fazer apenas a troca do componente descarregado por outro, com carga cheia, em um posto? Em pelo menos um caso, felizmente, a resposta para esse questionamento veio em forma de solução. 

A Voltz, empresa de motos elétricas que atua no mercado desde 2019,  criou um programa com estações de trocas de bateria que, segundo ela, “torna o produto mais acessível e acaba com a limitação de autonomia, considerada um desafio para acelerar a transição dos modelos a combustão”. 

A Voltz afirma que suas motos elétricas de baterias recarregáveis possibilitaram, desde março deste ano, o “sequestro” de 30 toneladas de emissões de CO2 da atmosfera. Para quem não está familiarizado com o termo, “sequestro” de carbono é o nome dado ao processo de remoção do CO2 da atmosfera. Ele é feito normalmente na natureza: uma floresta, por exemplo, faz o trabalho regularmente através da fotossíntese da vegetação que a compõe. 

Já no mundo industrializado foi desenvolvido o conceito de “sequestro” artificial de carbono, ou seja, empresas que, de alguma forma, conseguem reduzir as emissões de gás carbônico. Uma delas, obviamente, é o uso de veículos elétricos no lugar dos equivalentes a combustão. E tendo um processo que facilita a vida dos consumidores, como a troca de baterias em locais específicos, é um ponto a mais para empresas como a Voltz. “Quem utiliza as motos elétricas da Voltz não precisa se preocupar com a quantidade de dióxido de carbono (CO2) que é jogada na atmosfera”, diz ela. 

O programa de troca das baterias está em funcionamento na cidade de São Paulo, que conta hoje com 55 estações. De acordo com a Voltz, a meta é fazer esse número chegar a 100 até o fim do ano. Atualmente são realizadas 1.400 operações semanais, com um acumulado de 14.159 ações desde abril, quando o projeto começou. O teste está sendo feito por entregadores da plataforma de entregas do aplicativo Ifood.

 

Promessa de motos elétricas sem recarga pelo Brasil

A partir de 2023, promete a fábrica, o projeto chega para o público em geral na capital paulista. “Ou seja, quem comprar um modelo da Voltz, poderá escolher não levar a bateria junto. Nesse caso, será disponibilizado um plano de assinatura que possibilita a troca dessas células. Cada moto da Voltz comporta até duas baterias. E, quando uma fica sem energia, o usuário pode se deslocar até uma das estações para fazer a troca”, explica a companhia.

“Apesar dos excelentes resultados, entendemos que ainda estamos no início deste projeto. Para o próximo ano, temos a expectativa de multiplicar em 100 vezes o número de estações pelo Brasil”, afirma Manoel Fonsêca, sócio e CMO da Voltz. De fato, é preciso encarar a realizada, em relação ao impacto do projeto. Em um país continental como o Brasil, só se gigantes do setor, como Honda e Yamaha, criassem programas similares com motos elétricas nós teríamos (em médio prazo) uma mudança significativa no tipo de veículos de duas rodas usados no País. 

Para quem não conhece bem a marca, a Voltz tem em sua gama os seguintes produtos: o scooter EV1 SPORT, com preço de R$ 14.990,00, a moto EVS, por R$ 19.990,00, e a moto EVS Work, que sai por R$ 16.490,00. Há também o Cicle, um triciclo de carga, mas o preço não está disponível no site oficial.

Depois do mercado paulistano, a Voltz anuncia a meta de expandir o projeto para outras capitais do Brasil, como Recife, Salvador, Belo Horizonte e Brasília – tudo a partir de 2023. É esperar e torcer.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais conteúdo para você

Relacionados

Porsche Center Fortaleza

Porsche Center Fortaleza eleita melhor pós-venda do Brasil em 2023

A Porsche Center Fortaleza, uma das revendedoras oficiais de veículos da lendária marca alemã no Brasil, anunciou sua recente vitória no Porsche Aftersales World Challenge 2023. De acordo com a concessionária, ela ficou em primeiro lugar, no País, na competição que envolve a rede autorizada Porsche de todo o mundo. “O prêmio desse ano levou em conta, 12 indicadores que avaliam a performance da concessionária”, informa a Porsche Center Fortaleza. Ela cita os seguintes critérios: faturamento de peças, fidelidade e satisfação do cliente, qualificação da equipe e venda de produtos estratégicos como garantia estendida e pacotes de revisão. De acordo com o site oficial da Porsche no Brasil, a rede

picape ranger

Bons números da picape Ranger em 2023, após renovação do modelo

Picape Ranger – Desde os primórdios, as picapes da Ford são conhecidas pelos brasileiros por uma característica muito marcante: a grande resistência. É verdade que antes esse atributo era mais relacionado com a parte física, ou seja, a capacidade que os veículos têm de suportar buraqueira por anos a fio e com motores de longa vida útil. Mas com as mudanças que a montadora implantou em sua atuação no Brasil, com fechamento de fábricas e trazendo só unidades importadas, a picape Ranger, modelo mais importante da marca em sua categoria, revelou que sua resistência também pode ser associada ao poder de se manter no mercado e driblar a desconfiança dos

Encontro de Motos Terrazo Shopping

Encontro de Motos Terrazo Shopping acontece nesse fim de semana

Encontro de Motos Terrazo Shopping – Aficionados por motociclismo de Fortaleza terão um evento especial para se deleitar, nesse fim de semana. O Terrazo Shopping, centro comercial inaugurado em julho deste ano no Eusébio, irá receber seu primeiro encontro de motoclubes. O evento, realizado em parceria com a concessionária RL Motors e o influenciador Alex Linhares (que promove esse segmento e tem mais de 146 mil seguidores no Instagram), tem expectativa de receber representantes de quase 40 motoclubes filiados à União Motociclista do Ceará. De acordo com os organizadores, o Encontro de Motos Terrazo Shopping “visa proporcionar um espaço para a exposição de motos de diversos modelos, incluindo exemplares antigos

Compressor do ar condicionado

Compressor do ar condicionado: saiba mais sobre ele

Compressor do ar condicionado – Todo proprietário de veículo que precisou um dia de serviços de um borracheiro provavelmente já viu um aparelho, geralmente barulhento, usado para encher pneus e câmaras de ar. Trata-se de um compressor, componente cuja função é sugar o ar da atmosfera e mantê-lo sob pressão em um reservatório para que esse ar tenha força suficiente para entrar nos pneus. Pois bem, caro leitor, nem só de compressores de borracharias vivem os automóveis. Como quase todos os que circulam hoje têm ar condicionado, os compressores também estão lá junto ao motor, trabalhando silenciosamente para garantir que a cabine fique sempre em temperatura agradável. A diferença em

Assine

Recebe novidades e ofertas de nossos parceiros na integra em seu e-mail