Ford anuncia investimentos para aumentar integração de carros e smartphones

Compartilhe:

A Ford está investindo em novos aplicativos para uso com o sistema de conectividade SYNC 3, que equipa os veículos da marca. Disponíveis inicialmente para o mercado norte-americano, os apps visam a facilitar a vida do motorista com diversos recursos. Eles vão desde o pagamento de combustível sem sair do carro até emparelhar o mapa de navegação de um smartphone ou mesmo reduzir o custo do seguro. As novidades foram apresentadas durante a CES, feira de tecnologia realizada na primeira semana de janeiro em Las Vegas, nos Estados Unidos. A má notícia é de que as novidades valem apenas para os Estados Unidos. A Ford não informou se e quando elas chegarão ao Brasil.

A criação dos aplicativos é incentivada dando a programadores de todo o mundo acesso às ferramentas do Ford Developer Program. Uma das mais recentes propostas implementadas foi a integração do assistente digital IBM Watson ao sistema SYNC, com comandos de voz. O IBM Watson é um assistente pessoal que responde perguntas, usando processamento de linguagem natural e aprendizado de máquina, para organizar grandes quantidades de dados não estruturados.

Controlado por comandos de voz, pelas teclas na direção ou pela tela do painel, o aplicativo é capaz de responder a perguntas do motorista, como “Qual a previsão do tempo?”, “O que há na minha agenda?”, ou “Onde fica o restaurante mais próximo?”. Também monitora o combustível do veículo e, quando o nível está baixo, gera um alerta e sugere os postos mais próximos. Além disso, conta com recursos de aprendizado de máquina que tornam as respostas mais eficientes ao longo do tempo. “Os assistentes digitais são uma grande tendência porque proporcionam comodidade no veículo, permitindo que o motorista mantenha os olhos na pista e as mãos no volante”, diz Doug VanDagens, diretor de Veículos e Serviços Conectados da Ford.

Funcionalidades dos novos aplicativos dos carros da Ford

Pagamentos móveis
Usando o Speedpass+ da ExxonMobil, sistema de pagamento automatizado agora disponível para o Ford SYNC 3, o motorista pode procurar os postos mais próximos e pagar pelo combustível usando o comando de voz.

Navegação
Projeta o aplicativo de navegação Sygic do smartphone na tela do SYNC 3. Com o telefone pareado ao veículo via cabo USB, o aplicativo é projetado automaticamente na tela do veículo e vinculado ao comando de voz. Sua maior vantagem é evitar que o motorista tenha de segurar e olhar para o celular ao dirigir.

Seguro baseado no uso
O aplicativo de smartphone DriverScore cria uma pontuação personalizada do motorista com base no seu comportamento na direção. Se o usuário permitir, o algoritmo do aplicativo acessa os dados do veículo para analisar o seu padrão, considerando a velocidade, aceleração, frenagem, localização e hora do dia.

Wearables
Os usuários dos relógios inteligentes Samsung Gear S2 e S3 em breve poderão integrar seus smartwatches com o sistema Ford SYNC para monitorar o veículo estacionado. O recurso funciona como um assistente digital. Ele permitirá, por exemplo, marcar a localização do veículo ao estacionar e mostrar o caminho de volta. Outro recurso é o envio de alertas de segurança em intervalos convenientes, diretamente no pulso.

Música “streaming”
A Dash Radio – plataforma digital de rádio – estará disponível em breve por meio de um aplicativo no SYNC. Funcionando 24 horas por dia sem comerciais e gratuitamente, a Dash Radio reúne mais de 80 estações e mais de 300 DJs.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais conteúdo para você

Relacionados

e-tech

Renault E-Tech traz Kwid elétrico e novos carros para 2023

A Renault realiza, entre os dias 5 e 9 de setembro, o Renault E-Tech, evento de divulgação da estratégia da montadora para investimento em veículos elétricos. Um dos principais atrativos é o lançamento oficial e início das vendas do Kwid E-Tech, versão 100% elétrica do compacto mais “barato” que a empresa comercializa no Brasil desde 2017.  Além disso, a Renault trouxe para exposição outros modelos que fazem parte da estratégia e também estarão disponíveis no Brasil: o Megane E-Tech, a van Master E-Tech e o Kangoo E-Tech . “Os três veículos chegarão no primeiro semestre de 2023”, promete a fábrica. A pré-venda do Kwid E-Tech começou em abril e, de

audi

Audi estará na Fórmula 1 a partir de 2026

Ícone mundial do automobilismo de alta performance, a montadora alemã Audi anunciou que estará na Fórmula 1 a partir de 2026. Ao que tudo indica, a decisão tem a ver com a meta de associar sua marca com a série de novidades que a competição irá implantar a partir daquele ano, quando novas regras técnicas serão aplicadas para deixa-la mais sustentável. Dentre as mudanças previstas estão o uso de combustíveis sintéticos (hidrogênio, por exemplo) e motores híbridos. “Além disso, a Fórmula 1 estabeleceu a meta ambiciosa de ser uma competição neutra em carbono até 2030”, acrescenta a Audi, justificando seu interesse em fazer parte do desenvolvimento das novas tecnologias. Vale

novo c3

Novo Citroën C3 tem preço a partir de R$ 68.990 sem pintura metálica

“Acessível, inovador, prático, inteligente e com atitude SUV”. Foi assim, sem economizar nos adjetivos e juizos de valor (como é típico das montadoras), que a Citroën anunciou a chegada do novo C3, sobre o qual já falamos. Primeiro de uma família de três modelos desenvolvidos e fabricados na América do Sul, o carro representa, segundo a fábrica, uma “nova fase” sua no Brasil depois de uma trajetória meio errática que deixou seus carros com fama de caros e complicados de manter. Um dos destaques dados pela Citroën é que o novo C3 está posicionado na faixa de preço próxima de modelos menores, mas com um porte que o aproxima um

fluido veicular

Fluido veicular: conheça os 6 tipos que seu carro tem

Fluido veicular – Para quem não sabe, é possível fazer um paralelo entre os princípios de funcionamento de um carro e do corpo humano. Na geração de energia, por exemplo, nós precisamos do oxigênio e de alimentos. Os veículos também usam oxigênio no seu processo, e o combustível entra como o segundo componente, no lugar da nossa comida. E também como acontece com os seres humanos, fluidos são essenciais para todos os meios de locomoção motorizados. Assim como nós não passamos mais que três dias sem água, um veículo simplesmente para de funcionar se não estiver com os componentes líquidos que precisa para se mover. De acordo com a divisão

Assine

Recebe novidades e ofertas de nossos parceiros na integra em seu e-mail